Gerar Cobrança com Pix

A fim de facilitar e melhorar a produtividade da sua empresa estamos sempre em busca de novidades, indo de encontro com as novas tecnologias.

O que é o Pix?

O Pix é um novo sistema de pagamentos que foi apresentado pelo Banco Central. É uma forma gratuita de fazer transferências bancárias entre pessoas e empresas. A tendência é que os meios tradicionais como TED, DOC e boletos bancários sejam substituídos pelo Pix.

Como gerar cobrança no sistema usando Pix?

Primeiramente cadastre suas chaves Pix na conta corrente correspondente: Vá em Cadastros Gerais > Conta Corrente e selecione a conta. Vá na aba PlugBoleto & PIX > Chave PIX > + Incluir, digite a chave PIX e clique em Salvar. Para CPF, CNPJ e Celulares informe somente números; para Celular informar +55 no começo.

Vá até Financeiro > Contas a Receber > Pix

Clique em Novo, selecione a Empresa e a chave Pix

Há duas formas de gerar uma cobrança Pix no sistema: Um valor avulso ou através de Contas a Receber lançadas no sistema. Para gerar de um valor avulso selecione o Cliente, clique em Cobrar valor avulso e complete o campo com o valor desejado. Caso tenha necessidade, complete o campo Identificador/Ref.

Para gerar de Contas a Receber lançadas no sistema deixe marcado Cobrar por Conta(s) a Receber, clique no botão +, busque o lançamento e dê um duplo clique (Você poderá incluir 1 ou mais lançamentos na mesma cobrança Pix).

Outra forma de gerar é através da própria tela Contas a Receber

Abra o lançamento e na seta ao lado da impressora clique em Gerar PIX. Automaticamente será criada uma cobrança Pix com os dados do lançamento selecionado.

Há 2 flags no rodapé da tela de Gerar Cobrança Pix: Via Whatsapp (API) que envia automaticamente o QR Code para o Whatsapp do cliente (Clique para saber mais sobre o módulo Whatsapp ) e Imprimir. Desmarque caso necessário antes de gerar o QR Code.

Após gerar o QR Code você poderá imprimir ou gerar um arquivo PDF para enviar ao seu cliente

Caso for enviado por Whatsapp o cliente receberá um link e o código do QR Code

Ao clicar no link será redirecionado a página onde terá a imagem do QR Code ou poderá usar o botão COPIAR CÓDIGO DO QR CODE .

Atenção: ao receber a transferência não será dada a baixa automaticamente no sistema, portanto não esqueça de baixa-la manualmente.

Conheça as vantagens do Certificado A1

O documento eletrônico garante segurança e agilidade em suas operações:

O Certificado Digital A1 é um documento eletrônico com validade jurídica que serve para a identificação de pessoas ou empresas. Ele facilita as atividades online, proporcionando segurança e agilidade em suas operações. Além disso, essa ferramenta é o que há de mais moderno, prático e confiável para que se realizem transações por intermédio da internet.

[SiOfi] Orçamento

Veremos como fazer um orçamento de forma mais rápida e prática sem a necessidade de usar a tela de O.S

Vá até Vendas > Orçamento

Após clicar em Novo, em Dados Gerais preencha os campos Cliente e Vendedor. Nesses campos não há necessidade de vincular com nenhum cadastro de Pessoa, o campo é livre para digitação com o objetivo de agilizar o processo caso o cliente ainda não tenha cadastro no sistema. Porém caso o Cliente e/ou Vendedor já tenham cadastro, é indicado vincular. Complete os campos Plano de Pgto, Validade, E-mail Vend. e Prazo Entrg.

Na aba Produtos também não há necessidade de incluir algum produto que esteja cadastrado no sistema. Da mesma forma que Cliente e Vendedor, esse campo é livre para digitação.

A aba Serviços segue a mesma lógica.

Abaixo em Aprovação / Outros temos o campo Observação caso tenha necessidade de adicionar algum complemento.

O Status do orçamento se divide em duas etapas: Aberto -> Aprovado/Não Aprovado. O Status Aberto vem por padrão quando se cria um novo orçamento.

A próxima etapa é quando o orçamento é aprovado pelo cliente.
Para dinamizar esse processo, quando enviar o orçamento por E-mail ou Whatsapp ao cliente usando a função Enviar, o cliente receberá junto os botões/links para aprovar ou não aprovar o orçamento.

Após o cliente aprovar ou não aprovar o orçamento, basta usar o botão Sincronizar para que o status seja atualizado automaticamente.


O Status também poderá ser mudado manualmente caso necessário clicando em Aprovar ou Ñ Aprovar

Após a aprovação do orçamento basta gerar uma O.S clicando na seta ao lado do botão Aprovar > Gerar O.S.

[SiEmpresarial] Comparativo de Preços

Para facilitar a comparação de preço entre os fornecedores, o sistema traz a tela Comparativo de Preços. Por ela você poderá selecionar os itens e fazer o comparativo de acordo com as compras já efetuadas.

Vá no menu Compras > Comparativo de Preços
Ao abrir a tela temos 2 grides principais, sendo elas a Inclua os Produtos e a Selecione os Fornecedores.

Inclua os produtos que deseja fazer a comparação de preço
Após selecionar o produto que foi incluído será mostrado na gride de baixo as últimas compras onde você poderá fazer a comparação dos valores pagos entre os fornecedores. Clicando 2 vezes sobre o fornecedor escolhido será preenchido a coluna FORNECEDOR no produto selecionado
Após repetir o processo para todos os produtos, clique em Gerar
Após clicar em Gerar será criado os Pedidos de Venda separadamente por fornecedor que foi definido em cada um dos itens.
Na sequência aparecerá uma caixa de diálogo informando os números dos pedidos de venda que foram criados

Atenção: Caso não tenha selecionado nenhum fornecedor será criado um pedido de compra com o campo Fornecedor em branco e ao abri-lo você definirá o fornecedor manualmente.

[SiEmpresarial/SiOfi] Gerar Nota Fiscal de Serviço pelo DS

Para que seja gerada uma Nota Fiscal de Serviço depois de uma DS (Documento de Saída) pronta basta entrar em Fiscal >> Gerar NF de DS

Use os filtros para ajudar a encontrar aquela DS gerada anteriormente, cuidado com o filtro TIPO SAÍDA é necessario que ele seja exatamente igual oque esta na sua DS pois se não, não é encontrada a sua DS na tela.
Após localizada é somente necessario clicar duas vezes para selecionar a DS e clicar em NFSe representada por uma engrenagem amarela no superior da tela.

Após gerar, todos os dados da sua DS estará lá na NFS-e pronta para gerar o RPS ou transmitir direto pelo sistema.

[SiEmpresarial] Importar Valores de Tabela

Uma nova funcionalidade foi adicionada no SiEmpresarial que te da a possibilidade de IMPORTAR VALORES DE TABELA de uma empresa ativa para a outra.
Cadastro Gerais >> Empresa >> aba Configurações >> botão PRODUTOS conforme a imagem abaixo

Clicando em Importar VALORES DE TABELA observe que no rodapé da tela tem a opção empresa Origem e Destino, feito a escolha selecione qual os as variações de tabela A, B e C você deseja importar para a empresa Destino e clica em EXECUTAR
Feito isso, todos os valores de tabela da empresa Origem vai copiar para os produtos da empresa Destino.

[SiEmpresarial] Comissão do Vendedor

Nesse post mostraremos como funciona a comissão por venda no sistema.

Sabemos que a comissão nada mais é que um percentual do valor total de uma venda, sendo assim, é necessário que você determine que porcentagem será essa.

Abra o Cadastro de Pessoa do vendedor, vá até a aba Fiscais e clique no botão +Dados Vendedor

Em Comissão temos dois campos: “% Comissão Faturamento” e “% Comissão Recebimento“. Isso será determinado de acordo com a regra de negócio da sua empresa. Defina a porcentagem e preencha o(s) campo(s).

Caso a empresa trabalhe com metas, poderá ser definida clicando no botão +

Defina o Ano, Mês e o Valor da meta e clique em Ok

Em Relatórios > Menu de Relatórios > Vendas > Faturamento por Vendedor você poderá gerar um relatório onde mostrará o valor total de comissão por vendedor filtrando por Período, Faturamento, Recebimento ou Margem. Após definir os filtros escolha a opção do relatório e clique em Ok

Será gerado um relatório sintético mostrando o valor das vendas e a comissão

Para o controle de metas, acesse a tela Gerencial > Controle Vendedores. Selecione o mês e em Vendedores poderá acompanhar as metas verificando pela coluna REALIZADO

[SiEmpresarial] Gerando Relatório de Produtos Agrupados por NCM

Nesta postagem estaremos mostrando como gerar um relatório de produtos mas agrupando os produtos pelo NCM deles.

Primeiro deve acessar a tela de com o menu de relatórios, deve seguir em Relatórios>Menus de Relatórios:

Em seguida deve expandir o tópico Fiscal, dentre as opções há dois tipos de relatórios fiscais onde pode separar a listagem de produtos por NCM, são eles os relatórios de Nota Fiscal Própria e Nota Fiscal Consumidor:

Ao acessar será aberta a tela de filtro para que se possa escolher e refinar a busca do relatório, a obrigatoriedade a ser usada neste caso é sempre agrupar por NCM, ao fazer isso o sistema irá separa em lista os produtos por NCM:

[SiEmpresarial] Tabela de Conversão

Compro o produto por uma unidade de medida e vendo por outra. Como realizar a conversão no sistema?


Nesse post veremos como funciona a tabela de conversão, uma forma de automatizar o processo de conversão de unidade de medida de um determinado produto ao gerar um documento de entrada.

Lembre-se de verificar na nota de compra a unidade de medida para saber se é necessário fazer o processo de conversão

Vá até Cadastros Gerais > Produtos > Tabela de Conversão

Nessa tela será definido o tipo de operação e o fator.
Vamos usar o seguinte exemplo: Foi comprada uma ou mais caixas fechadas com 10 unidades de um determinado produto em cada, porém a venda será por unidade. Com base nesse exemplo a operação será multiplicação e o fator será 10. Deixaremos a descrição desse tipo de conversão autoexplicativa: MULTIPLICAÇÃO POR 10.

Definindo no cadastro do produto a Conversão de Entrada

Na aba Gerais, no campo Conversão Entrada selecionaremos o tipo de conversão que cadastramos na tela anterior.

Processo de entrada

Nesse exemplo acima, temos 1 unidade com valor de R$ 3,50 que veio na NF-e original de compra. Vamos vincular o item da nota com o produto que deixamos com Conversão de Entrada no sistema.

Repare nos campos Qtdade e Vlr Unitário. Ao gerar o documento de entrada a conversão foi feita automaticamente, de acordo com o que definimos na tabela de conversão

Atenção: Deixe definido o campo Conversão Entrada somente nos cadastros de produtos que sempre serão convertidos e nunca vendidos pela unidade de medida da compra, pois uma vez definido isso no cadastro do produto, automaticamente será aplicada a operação de conversão ao gerar um documento de entrada.

Para casos onde o produto pode assumir as duas possibilidades, será dada a entrada na quantidade original da compra (por exemplo: caixa, balde, toneladas, etc…) e após efetuar a entrada o processo de conversão será diferente, veja como fazer no post Conversão de Produtos